Segundo dia mostra as pernas e as cores do Brasil

O segundo dia do evento foi aberto pelo desfile de Marcelo Quadros. Antes das modelos entrarem na passarela, um filme que sintetizava a coleção de Quadros, com mulheres envolventes em atitudes sensuais. As inspirações do estilista para o verão 2001 foram halls de hotéis de luxo, cenário perfeito para as mulheres desfilarem ascensão e queda - elegância e sensualidade seguida de decadência.As roupas de Quadros têm o corte longilíneo, os modelos são franzidos, drapeados e assimétricos, percebidos em saias de bico, marcantes na coleção. Bermuda na altura dos joelhos foi outro destaque, sendo usada até como substituta da calça no tradicional terninho; o blazer também está mais curto, nos quadris, assim como as jaquetas. Verde-esmeralda firma-se como cor ideal para os acessórios, o que pode ser percebido em brincos no formato de argolas, sapatos, bolsas e cinto do tom, quebrando a sobriedade do visual preto monocromático. Roxo, laranja-citrus, branco, preto e prata são outras cores que despontam para o verão 2001.Apliques de flor dão um toque diferenciado nas sandálias e nas roupas, deixando as peças ainda mais femininas. Mangas largas, boca-de-sino, também permeiam a coleção, assim como os brilhos, já adotados no Morumbi Fashion.A grife Cavalera, que surgiu como resposta ao boom do grupo Sepultura, apresenta-se pela quinta vez na Semana de Moda. Inspirada em medidas de segurança, a estilista Thais Losso traz para a passarela estampas recorrentes em manuais de primeiros socorros e equipamentos de segurança, adotando a alfaiataria e os uniformes esportivos para ilustrarem esta idéia.Os tênis aparecem no mesmo tom da roupa, sendo azuis, rosas, verde, laranja e branco as cores predominantes da coleção. A transparência aparece sob a forma de tecidos em tela, mostrando a silhueta.Frente-única que deixa a barriga de fora, saias e shorts curtinhos garantem o tom brasileiro da temporada. No mais perfeito estilo colegial, as saias aparecem com pregas, misturando a sensualidade das pernas de fora com o ar inocente inerente aos uniformes escolares. Ao final do desfile, ao som de I Just Calll to Say I Love You, os modelos entraram descontraídos e sorridentes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.