Reprodução Facebook
Reprodução Facebook

Secretário adjunto de Mário Frias é exonerado pela segunda vez

Pedro José Vilar Godoy Horta assumiu o gabinete da Cultura pela primeira vez com a então secretária, a atriz Regina Duarte

Redação, O Estado de S.Paulo

14 de julho de 2020 | 12h46

Recém nomeado pelo novo secretário nacional de Cultura, Mário Frias, o secretário especial adjunto Pedro José Vilar Godoy Horta foi exonerado nesta terça-feira, 14. A informação foi publica no Diário Oficial da União (DOU). 

A exoneração foi assinada pelo ministro-chefe da Casa Civil, Braga Netto. Ainda não houve a nomeação de um substituto. 

Horta é exonerado do posto pela segunda vez. A primeira foi no dia 15 de maio, quando chefiava o gabinete da então secretária, a atriz Regina Duarte. Ele voltou a ser nomeado no dia 19 de junho, junto com a nomeação de Mário Frias. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.