Secretaria Municipal decide dar férias para a cultura

A Secretaria Municipal de Cultura cancelou quase integralmente a programação cultural prevista para janeiro em São Paulo. Espaços como o Centro Cultural São Paulo (CCSP), que costumava apresentar nove espetáculos por semana, terá apenas um em janeiro. Segundo o chefe de gabinete da secretaria, Sílvio Balangio, "janeiro é um mês em que a população sai de São Paulo" e geralmente há poucos eventos na cidade. O Centro Cultural São Paulo informou, no entanto, que janeiro e fevereiro são meses de bom público nas salas de espetáculos. "O orçamento só fica à disposição no dia 15 de janeiro", afirmou Balangio. Mas os espetáculos não são subsidiados e utilizam apenas os equipamentos culturais da secretaria. Diversas peças estavam com datas fechadas no CCSP, como Savanah Bay, texto de Marguerite Duras que estrearia no dia 5 de janeiro com Helena Ignez e Jean Sganzerla no elenco, e Irmanovska, do grupo Le Plat du Jour. Segundo o chefe de gabinete, há também uma disposição da secretaria de não assumir contratos para que a equipe de transição da prefeita eleita de São Paulo, Marta Suplicy (PT), decida se quer ou não a programação. A secretaria tem divulgado que costuma realizar em média 2 mil eventos por mês na cidade. A pasta possui 104 equipamentos culturais, com teatros, oficinas culturais e casas de cultura, além de três orquestras, dois corais, um balé e um orçamento de R$ 100 milhões. No Teatro Municipal de São Paulo, a programação termina esta semana com a apresentação do trompetista americano Wynton Marsalis e a Lincoln Center Jazz Orchestra. Os Patronos do Theatro Municipal, entidade que está gerindo o espaço, deve negociar a temporada lírica do próximo ano já com a nova administração. Produtores artísticos consideram equivocada a decisão de cancelar eventos. No Centro Cultural, muitos produtores foram informados só esta semana da decisão. As peças passaram por um processo de seleção antes de conseguirem o espaço. Segundo o chefe de gabinete da secretaria, um dos únicos eventos mantidos na programação para janeiro são as comemorações do dia 25, data do aniversário da cidade.

Agencia Estado,

24 de novembro de 2000 | 13h28

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.