Sean O'Brien ganha prêmio T.S. Eliot por 'The Drowned Book'

Escritor britânico é premiado por coleção de poemas que aborda temas como o abandono e a inquietação

Efe,

15 de janeiro de 2008 | 11h34

O escritor britânico Sean O'Brien foi anunciado na segunda-feira, 14, como ganhador do prêmio de poesia T.S. Eliot, por sua última obra, The Drowned Book, uma coleção de poemas que explora temas como o abandono, a ruína e a inquietação. Numa cerimônia em Londres, a viúva do poeta, Valerie Eliot, anunciou a vitória de O'Brien, que recebeu um cheque de 15 mil libras, a maior quantia para um prêmio de poesia no Reino Unido. O júri, que elegeu o livro entre 10 finalistas, considerou a obra "feroz, divertida e profundamente melancólica", com uma musicalidade entre a de um trem e um balé. Sean O'Brien nasceu em Londres em 1952, mas há anos vive no norte da Inglaterra, onde dá aulas de escrita criativa na Universidade de Newcastle. Ele é o único poeta que ganhou três vezes o prêmio Forward, o último deles com a mesma obra que agora ganhou o T.S. Eliot. Os outros finalistas foram Ian Duhig (The Speed of the dark); Alan Gillis (Hawks and Doves); Frances Leviston (Public Dream); a poeta de origem iraniana Mimi Khalvati (The meanest flower); Sophie Hannah (Pessimism for Beginners); o irlandês Matthew Sweeney (Black Moon); Sarah Maguire (The pomegranates of Kandahar); Edwin Morgan (A book of lives) e Fiona Sampson (Common Prayer).

Tudo o que sabemos sobre:
poesiaSean O'BrienT.S. Eliot

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.