SBT sofre para recuperar 2º lugar no Ibope

Canal só mantém o segundo lugar nas madrugadas, quando concorre com os programas da Igreja Universal

Agência Estado

26 de maio de 2009 | 10h13

Apesar do esforço da nova direção do SBT - que atende por Daniela Beyrute, filha de Silvio Santos -, são cada vez menores as faixas horárias em que o canal mantém a vice-liderança em audiência, segundo medição do Ibope na Grande São Paulo. Dados deste mês mostram que o canal só mantém o segundo lugar absoluto na madrugada, quando suas séries americanas confrontam os programas da Igreja Universal, na Record.

Alguns desenhos, como o sucesso Ben 10, exibido pelo SBT, deixam a briga entre as duas emissoras mais acirrada pela manhã, com a audiência oscilando na casa dos 6 pontos. A eterna reprise de Chaves, ao meio-dia, é vitória certa para o SBT. O seriado atinge médias na casa dos 10 pontos, ante 8 pontos da Record.

Mas a diferença entre as duas se acentua no horário nobre. Às 21 horas, Promessas de Amor tem registrado média na casa dos 9 pontos, ante 4 pontos do SBT Brasil no horário. Revelação também perde no horário, ficando na casa dos 6 pontos, ante 12 da Record. No embate entre Dona Beija e Poder Paralelo, vem a maior diferença do placar: 7 pontos a mais para Record. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
televisãoSBTaudiência

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.