SBT se arrisca atrás de faturamento

Estratégia de guerrilha. É assimque o SBT pretende fisgar mais anunciantes no segundo semestre.A emissora de Silvio Santos colocou à disposição do mercado estemês um pacote de novos espaços comerciais.Entre as novidades estão vinhetas animadas de 10segundos criadas pelo cartunista Dorinho - que lembram as doplim-plim da Globo -, separando um programa de outro. Os cartunssão patrocinados por um produto ou marca. Vinhetas já foramproduzidas para produtos da Vigor, Banco do Brasil e laboratórioGlax. A novidade custa o equivalente a 50% dos 30 segundosnormais do intervalo do programa que precede. No caso dointervalo entre Ratinho e Hebe, o anunciante pagaria R$ 22 milpela vinheta animada.No pacote comercial do SBT, o anunciante pode tambémfazer um contrato de exclusividade com a emissora - de no mínimo3 meses - com a remuneração baseada no volume de vendas. Oanunciante, que deve estar fora do mercado há algum tempo, pagacerca 30% do valor do anúncio à rede, que só recebe o restantese produto da marca vender. É a tática do tudo ou nada de SilvioSantos. Por falar nele, o empresário continua usando o lema"satisfação garantida ou seu dinheiro de volta" com osanunciantes. Prometeu ao mercado 28 pontos de audiência naGrande São Paulo na exibição do Cine Espetacular da próximaterça, que trará o filme Sexto Sentido. Se não alcançar talibope, Silvio Santos devolve o investimento dos anunciantes emespaços comerciais no SBT. Cada uma das três cotas depatrocínio do filme custa R$ 314 mil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.