SBT se arma contra a Globo

Disposto a entrar com tudo na briga pela liderança em 2001, Silvio Santos engata novidades para alavancar pontos no ibope. De olho na derrota que sofreu no último domingo - até Faustão, que havia sete meses não conseguia ganhar na audiência, levou a melhor contra o SBT -, Silvio quer escapar ileso de perdas quando o No Limite 2 estrear na Globo, portanto já prepara alguns chamarizes para seu dominical. Hoje, ele já resgata o Qual é a Música, que fazia parte da atração até junho de 2000. No quadro, artistas formam duas equipes. Apostando na velha guerra dos sexos, que incita o telespectador a puxar a sardinha para seu próprio lado, elas são divididas entre mulheres e homens, que devem adivinhar qual é a música em questão. Na reestréia, às 23 h, o apresentador da Band Otaviano Costa, o ator global Bruno de Lucca, o vocalista do Negritude Júnior, Netinho, a personal trainer Solange Frazão, a cantora do conjunto Adriana e a Rapaziada, Adriana Ribeiro, e uma das panteras do Sabadão Sertanejo, Yara, vão competir. E não é só esta a arma do SBT contra a liderança da emissora carioca. O departamento de Jornalismo do canal paulistano estreou a Isto é Real, uma atração que mostra cenas curiosas feitas aqui ou nos EUA, como um elefante artista plástico, resgates heróicos ou furacões. Para o fim de janeiro, a emissora promete um telejornal matutino. Ainda sem horário, nome ou apresentador definido, o projeto, se vingar, será o primeiro jornalístico diário das manhãs de Silvio Santos.

Agencia Estado,

06 de janeiro de 2001 | 20h01

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.