SBT não desistiu de "Casa dos Artistas 4"

Uma determinação da Justiça jogou areia nos planos do SBT de trazer a Casa dos Artistas de volta ao ar. A atração, que poderia ganhar sua quarta edição ainda este ano, está proibida de ser exibida, sob pena do SBT ter de pagar R$ 500 mil por cada veiculação, conforme sentença determinada anteontem pelo juiz Paulo Campos Filho, da 4.ª Vara Cível de Osasco (SP). O juiz julgou procedente a ação movida pela Globo e pela Endemol Entertainment (dona do formato do Big Brother), que acusa Casa dos Artistas de ser um plágio do programa BBB. Mas nem tudo está perdido para Casa dos Artistas 4. O SBT informou que até as 14 horas de ontem ainda não havia sido notificado da nova decisão da Justiça e que, quando isso ocorrer, irá recorrer.O SBT pretendia estrear Casa dos Artistas 4 entre o final deste ano e o início de 2004, mais ou menos na mesma época em que a Globo pretende estrear Big Brother 4. Silvio Santos até chegou a cogitar estrear uma nova edição de seu reality show agora em julho, mas voltou atrás, por falta de espaço na grade de programação. A emissora preferiu dar prioridade a dois outros programas: o Roda Roda, nova versão do game Roletrando, e a versão masculina de Popstars, que estréiam no próximo mês.Já a Globo aposta na nova edição de No Limite, que deve entrar no ar em outubro. O programa, que deixará de ser uma prova de sobrevivência para se tornar uma competição de aventura, terá agora a participação do público, que ajudará a escolher o competidor eliminado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.