Ines Correa/Divulgação
Ines Correa/Divulgação

Satyrianas recebeu 40 mil neste ano

Balanço da organização do evento constatou que público prestigiou programação nos teatros

Estadão.com.br,

02 de dezembro de 2010 | 19h49

Cerca de 40 mil pessoas participaram da 11ª edição das Satyrianas, festival realizado este ano entre os dias 25 e 28 de novembro. Participaram da festa, de acordo com o balanço oficial divulgado pela organização, 912 artistas em 30 teatros e espaços culturais, além das quatro tendas fixadas na esquina das ruas Augusta e Caio Prado.

 

A reforma na Praça Roosevelt provocou uma queda no público circulante, segundo Ivam Cabral, um dos organizadores do evento e fundador do grupo Satyros. No entanto, este efeito não foi percebido nos teatros. Entre as tendas, a única a receber mais público foi a do Dramamix.

 

Neste ano, o festival foi objeto de um documentário produzido por Daniel Gaggini, Fausto Noro e Otávio Pacheco. Gaggini conta que "mesmo exausto, não se cansava de descobrir coisas novas em cada tenda, teatro ou até mesmo no meio da rua". A proposta da equipe é transformar cada hora em um minuto no longa "Satyrianas, 78 horas em 78 minutos".

 

O Fotomix, evento dedicado à fotografia, contou com 20 participantes, número inferior à edição de 2009, relata uma das organizadoras, Inês Correa. A fotógrafa avalia, no entanto, que tudo funcionou melhor este ano. "Pela primeira vez, fizemos uma exposição com 30 fotografias e projeção de mais de 200 'slides' das edições entre 2007 e 2009 no Espaço Fotomix", comemora.

 

Continuam em cartaz na sede dos Satyros as peças Roberto Zucco, Hipóteses para o amor e verdade, Justine e Filosofia na Alcova.

 

Veja mais fotos em:

mais imagens  Dramamix

mais imagens Tendas  1 e mais imagensTendas 2

mais imagens Fotomix

mais imagens Satyras da Dança

 
Tudo o que sabemos sobre:
Satyrianasbalanço

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.