Arquivo/AE
Arquivo/AE

Saramago relança 'A Balsa de Pedra' para ajudar Haiti

Romance começa quando falha separa a Península Ibérica do resto da Europa e vira balsa de pedra à deriva

EFE,

27 de janeiro de 2010 | 16h30

O Nobel de Literatura (1998) José Saramago lançará na sexta-feira uma nova edição do livro "A Balsa de Pedra", que terá toda a sua renda revertida para as vítimas do terremoto no Haiti.

 

O relançamento da obra é resultado da campanha "Uma balsa de pedra a caminho do Haiti", que doará "integralmente os 15 euros que custará o livro (na União Europeia) ao fundo de emergência da Cruz Vermelha para ajudar este país, que acaba de sofrer uma grande desgraça", disseram hoje à Agência Efe fontes da Fundação Saramago.

 

Segundo informações, a Alfaguara, a editora de Saramago na Espanha e na América Latina, prepara uma campanha de solidariedade semelhante para ajudar os sobreviventes do terremoto que devastou o Haiti no último dia 12.

 

Em Portugal, a nova edição de "A Balsa de Pedra" chegará às lojas em 28 de fevereiro.

 

Em nota, Saramago explicou que a iniciativa é da sua fundação e só foi possível graças à "pronta generosidade das entidades envolvidas na edição do livro".

 

"Se chegássemos a 1 milhão de exemplares vendidos, seriam 15 milhões de euros de ajuda", destacou o prêmio Nobel, segundo quem, "diante da calamidade que atingiu o Haiti, (esta soma) não seria mais que uma gota d'água".

 

O romance "A Balsa de Pedra" começa quando uma falha separa a Península Ibérica do resto da Europa e a transforma em uma enorme balsa de pedra à deriva no Atlântico.

Tudo o que sabemos sobre:
José Saramago

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.