São Paulo premia destaques de 2010

O governo de São Paulo premia hoje, em cerimônia no Palácio dos Bandeirantes, às 20 h, artistas que se destacaram em 2010. O valor do Prêmio Governador do Estado é de R$ 60 mil para cada destaque. A categoria Destaque Cultural recebe R$ 100 mil.

Jotabê Medeiros, O Estado de S.Paulo

07 de dezembro de 2010 | 00h00

Os vencedores são: Amélia Toledo (Artes Visuais), Sérgio Bianchi (Cinema, por Os Inquilinos), Palhaço Picoly (circo), Associação Kinoforum (Difusão Cultural), Cia. Nova Dança 4 (Dança), Cia Razões Inversas (Teatro), Tom Zé (Música) e Nydia Lícia (Destaque Cultural).

Segundo a Secretaria de Estado da Cultura, houve uma indicação prévia pela internet. Foram contabilizadas 1.758 indicações, entre 16 de agosto e 30 de setembro. Não houve auditoria. As planilhas geradas automaticamente pelo sistema administrativo do prêmio foram repassadas para as comissões julgadoras, responsáveis pela escolha final. A comissão do Destaque Cultural foi formada por Luiz Felipe Pondé, Hubert Alquéres, Ivam Cabral, Bruno Assami e José Nalini (cada um recebeu R$ 3 mil pela opinião). "A indicação pela internet tem o objetivo de democratizar o Prêmio, que está sendo retomado com o intuito de prestigiar os destaques do ano nas diferentes modalidades culturais. A participação na fase de indicações é aberta a todos os interessados", informou a Assessoria de Imprensa da Secretaria da Cultura.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.