São Paulo Fashion Week prepara sua maior edição

Começa no dia 15 a maior edição já realizada pela São Paulo Fashion Week. Durante seis dias, no pavilhão da Bienal, serão apresentadas 38 coleções para a próxima primavera-verão, entre moda feminina, masculina e praia. Os organizadores estimam um público diário de 10 mil pessoas, mas não é possível avaliar quanto o evento gera de negócios, uma vez que cada grife participante trabalha individualmente e a maioria delas não divulga números. Mas esta é a maior versão do evento em seus sete anos de existência.A temporada primavera-verão 2002/2003, que começou na última terça-feira com os desfiles de oito jovens estilistas no projeto Amni Hot Spot, contará com cerca de cem desfiles ao longo de um mês. Dentro dos lançamentos, teremos ainda a Semana de Moda - Casa de Criadores, que ocorre entre os dias 8 e 11 no estacionamento do Shopping Eldorado, e a Fashion Rio, de 22 a 26 de julho, no Museu de Arte Moderna (MAM) do Rio.Além desta centena de desfiles, várias feiras estão ocorrendo em São Paulo nesse período: desde a Fenit/Fenatec (até o dia 5) e Francal (de 15 a 18) até a Feira Óptica (até dia 6) e o Salão Infanto-Juvenil e Bebê (de 5 a 7).É uma época importante para o mercado brasileiro, uma vez que o encalhe do inverno promete ser um dos maiores dos últimos anos - e o prejuízo idem. Se o verão é o nosso ponto forte, este é o momento de prová-lo.A própria SPFW pretende reforçar conceitos que cercam a chamada "moda brasileira". "É a moda feita por brasileiros, o que não significa roupa folclórica nem só renda e fuxico", diz Paulo Borges, diretor da SPFW. Várias exposições serão organizadas no prédio da Bienal, paralelas ao evento, sob a curadoria de Mauricio Ianes. Entre elas, a mostra do livro Fashion, com imagens étnicas mundiais da revista National Geographic, e do livro Meninas do Brasil, em que Mari Stockler registra o estilo genuíno das mulheres dos bailes funks e da periferia carioca - o livro será lançado no evento pela Cosac & Naify. Haverá também uma exposição que ilustra nossa miscigenação através de uma "cartela de peles" que reúne a pluralidade étnica do Brasil pelas lentes de Fernando Laszlo.Além disso, Borges pretende mostrar o que ele define como "a cara e corpo da moda brasileira": os estilistas, as modelos, os bookers, os maquiadores, os agentes de modelo, os assessores de imprensa, os stylists e até as camareiras e o segurança do evento - todos fotografados por Bob Wolfenson.Além de marcas como Zoomp, Ellus, Alexandre Herchcovitch, Walter Rodrigues e Gloria Coelho, haverá 12 novos desfiles: Caio Gobbi, Jum Nakao, Lorenzo Merlino, Rodrigo Fraga, Vide Bula, V. Rom, as marcas de moda praia Água de Coco, Água Doce, Movimento, Poko Pano, além de Reinaldo Lourenço e Forum que vão desfilar as coleções masculina e feminina separadamente. A M. Officer, embora não tenha comunicado oficialmente os organizadores, é esperada no Fashion Rio, assim como a Blue Man, que cancelou sua participação na SPFW em protesto ao resultado do 3.º Prêmio Abit Fashion, que nesta edição ficou com sua concorrente, a Rosa Chá.Beldades - A supermodelo Gisele Bündchen já confirmou sua presença na São Paulo Fashion Week Primavera-Verão 2002/2003. Domingo, dia 14, antes da festa de abertura, ela divulga a sandália Ipanema by Gisele Bündchen (uma nova versão do modelo Havaianas da Alpargatas, que por sua vez contratou um time de estrelas globais para enfrentar a top em sua próxima campanha), que será lançada junto com a Grendene em setembro. Gisele acompanhou pessoalmente todo o desenvolvimento do produto. Foi ela, por exemplo, quem determinou a altura do salto e foi ela quem sugeriu colocar estrelinhas na logotipia. Na pontinha da sandália virá um discreto GB, que pode virar produto-exportação no ano que vem. Dia 15, primeiro dia dos desfiles, ela sobe mais uma vez à passarela da Cia. Marítima e, apesar de a marca ser de moda praia, Gisele não pretende mostrar seu bumbum.Outra top, a checa Karolina Kurkova será exclusiva do desfile da Água Doce, que é a segunda marca da Cia. Marítima - o que significa que seus maiôs e biquínis são mais acessíveis. Muitas brasileiras de carreira internacional estão confirmando sua participação no evento, como Ana Hickman (que também estará lançando uma linha de sapatos com seu nome produzida pela Vizzano), Isabeli Fontana, Ana Beatriz Barros, Michele Alves, Marcelle Bittar, Raquel Zimmerman, Fernanda Tavares, Caroline Ribeiro e Adriana Lima, que agora é mais conhecida como a namorada do pop star Lenny Kravitz.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.