São Carlos faz primeira exibição de 'Divina Comédia' por Dalí

Obras doadas ao município puderam ser visitadas por convidados durante seis horas na segunda-feira

Rene Moreira - Especial para o Estado / Franca, O Estado de S. Paulo

05 de novembro de 2013 | 16h59

Durante seis horas na tarde de segunda-feira, as gravuras de Salvador Dalí inspiradas em A Divina Comédia doadas ao município de São Carlos foram expostas pela primeira vez. Contudo, somente convidados puderam apreciar as obras, que ficaram no saguão da prefeitura para marcar os 152 anos de fundação da cidade. Foram apresentados 20 dos cem desenhos do pintor espanhol.

Avaliadas em R$ 50 milhões, as obras exigem esquema de segurança diferenciado para serem expostas, e devem ser encaminhadas a cofres em local seguro no município. As outras gravuras ainda estariam em um banco em Goiânia, e espera-se que cheguem a São Carlos nos próximos dias.

A expectativa é que em 30 dias fique pronto um museu a ser preparado para que todas as obras possam ser visitadas. Ele terá o nome de Antonio Ibaixe, pai do doador da coleção, o fazendeiro e empresário Lover Ibaixe, de 80 anos. As gravuras ficarão no município por comodato por dez anos, prazo que pode ser prorrogado.

As gravuras foram encomendadas a Dalí em 1951 pelo governo italiano para comemorar os 700 anos de nascimento de Dante Alighieri, em 1965.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.