Sandra de Sá canta no Urbano

Sandra de Sá, que inventou um novo significado para a sigla MPB (para ela, a abreviação pode ser considerada Música "Preta" Brasileira) repete hoje a dose de seu novo projeto no Urbano. O evento acontece paralelamente à turnê de divulgação do seu novo álbum Pare, Olhe, Escute, atualmente em cartaz no Rio de Janeiro. Sandra também está em cartaz na capital carioca com o projeto Tim Maia Racional I e II, no qual divide o palco com o parceiro e amigo, Toni Garrido. E sob essa influência, a cantora monta seu show em São Paulo, com pitadas de groove, swing e balanço. Nesta edição, quem complementa o toque black é Andrea Marquee mais Rappin´ Hood. No repertório, novas interpretações para clássicos da MPB, do soul e do funk nacional - Zazueira, Aquele Abraço, Não Vou Ficar, Imunização Racional, Olhos Coloridos, Sossego, Joga Fora, fazem parte do set list. Com ela, se apresenta também banda composta por Cláudio Costa (violões e guitarras), Jorge Ailton (baixo), Pablo Lapidusas (teclado) e Digão (bateria). A direção geral e produção são de Adriana Milagres, e os DJs da noite são Acid James e Liberato. Serviço: Sandra de Sá Convida. Hoje, às 0h30. Espaço Urbano (Rua Cardeal Arcoverde, 614, Pinheiros 3085-1001). Ingressos: R$ 25 (homens), R$ 10 (mulheres). Serviço de Valet: R$ 8.

Agencia Estado,

20 de fevereiro de 2003 | 13h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.