Samba e danças africanas abrem Satyrianas

Confira as atrações do primeiro dia do evento que só termina no domingo, 28

Carolina Spillari,

25 de novembro de 2010 | 15h33

Em ritmo de samba, o Festival Satyrianas - uma saudação à primavera começará nesta quinta-feira, 25 de novembro. A abertura na Rua Augusta está marcada para as 18h com a Bateria da Escola de Samba Acadêmicos do Tucuruvi com o Mestre Adamastor e o Grupo Ilú Oba de Min, de danças africanas. 

 

Não tão perto dali no bairro da Pompeia, às 19h, o Núcleo Bartolomeu de Depoimentos (Rua Doutor Augusto de Miranda, 796, Pompeia, 3803 9396) promove o círculo de debates sobre Dramaturgia Concisa Contemporânea para quem quer refletir e aprender.

 

De volta à Praça Roosevelt, uma hora mais tarde, está marcado o espetáculo Roberto Zucco de Bernard-Marie Koltès, uma adaptação de Rodolfo García Vázquez, diretor do Satyros, a partir da passagem de Koltès pelo Brasil no Satyros I (3258 6345).

 

 

 

 

A primeira escolha da intensa programação já surge na terceira atração da abertura. No Satyros II, Rafael Mendes faz a performance Praça Roosevelt em 78 segundos. O performer captará histórias de pessoas que tenha relação com a Praça Roosevelt em 78 segundos. Das 20h às 22h. Outra opção, às 20h, em frente ao Miniteatro (2865 5955) é Drive Thru, uma intervenção onde o público pode escolher entre seis monólogos para assisitir em uma cabine.

 

No mesmo horário, 20h, Amares...la estará no Espaço dos Satyros II enquanto a montagem de Pílades - Cenas de um Filme Nacional, texto de Pier Paolo Pasolini (1966), pode ser vista às 21h no Teatro Espaço Maquinaria, perto dali na 13 de maio, 240 (3853 3651). A adaptação da companhia Teatro de Narradores mistura cinema, vídeo e música.Veja resenha.

 

Também às 21h, uma homenagem de dança ao paulista Adoniram Barbosa pelo Ballet Stagium no Teatro de Dança que fica na Avenida Ipiranga, 344 - subsolo (2189 2557).

 

De metrô dá para chegar fácil ao CCSP, às 21h, para assistir Rua do Medo, com direção de Marcelo Lazzaratto (3397 4002). A peça trata da alteração dos comportamentos de moradores de um prédio após uma onda de assaltos.

 

Para quem topar ficar na Praça tem mais. Às 21, Festival de Peças de um Minuto, cooordenado por Cristiani Zonzini no Teatro Espaço dos Parlapatões. Serão 50 peças em uma só apresentação.

Se a preferência for cinema, a Matilha Cultural (Rua Rego Freitas, 454, 3259 9636) exibe Mostra com debates, às 21h.

 

Meia hora depois, 21h30, mais teatro. A comédia dramática O Natal mais feliz de minha vida, dirigida por Antonio Rocco, será encenada no Teatro Next . À mesma hora, os apreciadores saudosistas do Legião Urbana poderão conferir Análise Comportamental da Música Eduardo e Mônica pela direção de Fernanda D' Umbra no Miniteatro.

 

Às 22h o desenrolar da amizade de oito amigos de faculdade é o mote de O Tempo não para minha flor sob a direção de Tiago Moraes encenada no Espaço dos Satyros II. A alternativa, no mesmo horário, é Pocket Show Tata Aeroplano e convidados com música no bem bolado Restaurante Rose Velt.

Logo em seguida, às 22h30, a peça Antidepressivos dirigida por Sergio Correa estará em cartaz no Satyros 1.

 

O encerramento do primeiro dia da programação do Festival Satyrianas será com performance e instalação de rua entre 23h e 0h denominada Foto (Memorial) Grafia com Rafael Mendes, em frente ao Espaço dos Parlapatões. Rafael fotografará os visitantes da Praça. E às 23h59, Boi com a direção de Hugo Rodas será apresentada no Espaço dos Satyros I.

 

Depois da meia-noite, e já no dia 26, as apresentações de teatro invadem a madrugada no Espaço Cultural Bordô (3083-6237) no número 82 da própria Praça, (É Freud, às 0h05, direção de Waldir Medori), Satyros I (A Angústia deste Argumento, sob a direção de Óscar Silva e Pedro Barreiro, às 2h; às 4h - Fontainebleau de direção coletiva) e II (Soterrados Vivos, com a direção de Alline Santana e Edson Calheiros, às 2h; Sobre Meninos, Mendigos e Poetas, dirigido por Felipe de Menezes, às 3h30) e Tenda Residência (A Terceira Margem do Rio, com direção de Sady Biachin, às 01h30).

 

 

Veja também:

linkConfira a programação no site oficial do evento

blog Acompanhe as Satyrianas pelo Radar Cultural

linkSatyrianas deixam a praça Roosevelt

 

 

 

SERVIÇO

SATYRIANAS, UMA SAUDAÇÃO À PRIMAVERA

Quando: de 25 a 28 de novembro

Onde:  Rua Augusta, teatros da Praça Roosevelt e outros

Quanto: Grátis (ingresso consciente)

Tudo o que sabemos sobre:
SatyrianasteatroPraça Roosevelt

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.