Sam Mendes é premiado em Londres

O diretor inglês Sam Mendes recebeu o pretigioso prêmio teatral do Evenning Standard por seu trabalho na direção das peças Tio Vânia, de Antón Chekhov e Noite de Reis, de William Shakespeare. No cinema, sua estréia na direção foi com Beleza Americana (1999), que lhe rendeu cinco Oscars, inclusive o de melhor filme. Sam Mendes, aos 38 anos, recebeu o prêmio na noite de ontem, das mãos de Stephen Daldry, o diretor de Billy Elliot. Sua carreira no teatro também foi precoce, ele começou aos 25 anos, dirigindo Troilus and Cressida, com Ralph Fiennes, na Royal Shakespeare Company, por exemplo.Na cerimônia, sentiu-se a ausência da noiva de Mendes, a atriz Kate Winslet, que encontra-se em filmagens. Mas lá estava Marc Rylance, o diretor artístico do Globe Theatre de Londres, o teatro reconstruído à imagem do original do século 16, onde Shakespeare estreou a maior parte de suas obras. Rylance, ao recebe um reconhecimento especial, acusou a Grã Bretanha de gastar grandes somas em armamento e não em cultura.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.