Sais transforma passarela em praia

Platéia com cadeiras coloridas, tanque de areia de praia com guarda-sóis no lugar da passarela, e Clodovil na primeira fila. Foi assim que a Sais ? segunda marca da Rosa Chá de Amir Slama ? estreou na SPFW, neste último dia de função.A segunda grife de Amir Slama faz uma linha mais jovial com estampas de bandeiras, cartoons, flores, tucanos, drinques furta-cor e violão, numa mistura suave de cores. Os modelos, em geral, são pequenos com detalhes de pedrinhas coloridas na lateral e até minibabados. Na festa democrática de Slama, onde a palavra de ordem é ?Soy loco por ti?, os modelos literalmente abriram suas cadeiras, jogaram vôlei e se divertiram no vaievém da passarela.A modelo Yasmin Brunet, agora numa versão mais blond, abriu o desfile da Sais com biquíni de bandeiras. Mas foi a top Ana Hickmann que serviu de musa inspiradora para o estilista, nas versões que levam o coração estilizado. O biquíni de Ana Hickmann (uma veterana entre o casting teen) era pink com estampa de corações psicoldélicos. A bela aproveitou para lançar sua linha de óculos escuros. Os meninos vieram com tudo na tendência ?cós baixo, cofrinho à mostra? e um lance de styling (assinado pelo expert Paulo Martinez) sugeria bermuda cós dobrado até o meio do bumbum, revelando a sunga amarela por baixo. Também aqui a cintura amarrada por cadarço, da bermuda de surfista, migrou para a sunga. Enquanto isso, na primeira fila, Clodovil distribuiu autógrafos, fotografou com fãs, trocou beijos com os fashionistas da nova geração e deu entrevistas contando que, sim, vai desfilar coleção na próxima SPFW. E, naquele seu jeito despachado, disparou: ?Sou a Chanel brasileira?. Pelo andar da carruagem, na temporada que vem, pode acontecer um fenômeno bem fashion e o estilista veterano, de tão darling da cena, provocar o seguinte manifesto fashion: ?Clodovil é o novo preto?.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.