Sai na Alemanha novo livro de Günter Grass

Günter Grass, o escritor alemão ganhador do Prêmio Nobel de Literatura de 1999, lançará um novo romance amanhã, na Alemanha, com tiragem de 50 mil exemplares. Im Krebsgang (Passo de Caranguejo) é um romance histórico que enfoca o drama dos refugiados da 2.ª Guerra Mundial, um tema que causa polêmica na Alemanha. O tema central do romance é a tragédia ocorrida no Mar Báltico no dia 30 de janeiro de 1945, quando um submarino soviético atacou com torpedos e afundou o barco alemão Wilhelm Gustloff, carregado de pessoas que fugiam do avanço do Exército Vermelho.Na tragédia, cerca de 9 mil pessoas, em sua maioria mulheres, crianças e velhos, além de soldados do Exército do 3.º Reich, morreram afogados nas águas geladas do Báltico. Apenas 1,2 mil pessoas sobreviveram. Os restos do Wilhelm Gustloff permanecem até hoje no local do naufrágio, a 42 metros de profundidade. O desastre é considerado um dos piores da história da navegação marítima (no naufrágio do Titanic morreram 1,5 mil pessoas), mas é pouco conhecido. Segundo o escritor Günter Grass, o importante em sua obra é o destaque dado à responsabilidade do comando militar do regime de Adolf Hitler, pela tragédia, ao deixar zarpar um navio cheio de refugiados civis ao lado de mil soldados com canhões antiaéreos a bordo.O autor de O Tambor, Anos de Cão, Meu Século, entre outras obras publicadas no Brasil, lança seu novo livro pela editora Steidl que informou que já está preparando a tradução da obra para dez idiomas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.