Sai 2.ª edição do Anuário de Teatro de Grupo

Foram sete meses de trabalho envolvendo uma equipe de onze pessoas, entre elas nomes de peso, como a pesquisadora Maria Thereza Vargas, e a participação direta de 97 grupos teatrais. O resultado merece ser comemorado: o lançamento nesta quarta-feira, no Sesc Pompéia, da 2.ª edição do Anuário de Teatro de Grupo da Cidade de São Paulo 2005. Com edição de 5 mil exemplares e distribuição gratuita para bibliotecas e instituições culturais, é publicação preciosa para envolvidos e interessados na atividade teatral, de artistas a pesquisadores. Criado por Adriana Chung e Alexandre Brasil, com curadoria de Alexandre Mate, trata-se de um registro único no Brasil, porque traz em suas páginas imagens e textos com importantes informações sobre 97 grupos atuantes na cidade no ano de 2005. Os textos foram solicitados às próprias companhias e trazem desde dados como ano de fundação, espetáculos criados e projetos futuros, como diretrizes estéticas: filiações, linha de pesquisa, parcerias. Para completar o prazer da leitura e sua importância histórica, o anuário traz ainda entrevistas com as atrizes Cleyde Yáconis, Sônia Oiticica e com a produtora Ruth Escobar. Trata-se de um projeto de indiscutível valor para o teatro paulistano. É torcer para que tenha continuidade. Anuário de Teatro de Grupo da Cidade de São Paulo. Sesc Pompéia. Rua Clélia, 93, 3871-7700. Hoje, 21h30

Agencia Estado,

29 Novembro 2006 | 11h52

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.