Ruy Mesquita Filho lança "A Guerra" em Ribeirão Preto

O jornalista Ruy Mesquita Filho, diretor da editora Albatroz, lançou em Ribeirão Preto o livro A Guerra (1914-1918). A obra, organizada por Mesquita Filho, reúne, em quatrovolumes, os 198 artigos sobre a Primeira Guerra Mundial escritos por seu bisavô, o também jornalista Júlio de Mesquita. O lançamento ocorreuno Theatro Pedro II, durante palestra seguida de debate no projeto Café Filosófico, da Secretaria da Cultura de Ribeirão Preto.Também participaram do evento o historiador e jornalista José Alfredo Vidigal Pontes e o correspondente do Grupo Estado na Europa, Napoleão Sabóia, que colaboraram na organização do livro. "A grande contribuição do trabalho de Júlio de Mesquita foi a interpretação dos fatos que ele trouxe sobre a primeira guerra. Ele recebia as informações das agências noticiosas dos países em conflito, mas não se limitava a reproduzi-las. Houve todo um trabalho de análise dos fatos de uma maneira global", afirmou Mesquita Filho.Para o correspondente Napoleão Sabóia o livro é a contribuição do Brasil para o estudo da Primeira Grande Guerra. "Existe hoje na Europa um interesse muito grande em estudar o que aconteceu naquele período. Todos os grandes lançamentos de livros no continente europeu tratam, de alguma forma, sobre a guerra, mas são todos livros produzidos no Hemisfério Norte. Esta obra mostra uma outra visão histórica", disse Sabóia.O interesse da geração atual se justifica, segundo José Alfredo Vidigal Pontes, devido aos reflexos que a Primeira Guerra deixou para omundo até hoje. "Havia uma semelhança muito grande com os dias atuais. Os países emergentes daquela época buscavam espaço para comercializarsua produção e os conflitos econômicos acabaram eclodindo no conflito militar que vitimou milhões de pessoas", afirmou Pontes.

Agencia Estado,

28 de novembro de 2003 | 21h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.