Ruy Barbosa: não haverá "Terra Nostra 2"

O escritor Benedito Ruy Barbosa já comunicou à Rede Globo de Televisão que não mais escreverá a segunda parte da telenovela Terra Nostra, conforme ficara combinado. Ele acertou com o diretor Mário Lúcio Vaz que sua próxima história - a estrear em novembro de 2001 - será totalmente nova, sem qualquer vínculo com a trama da imigração italiana para as fazendas de café de São Paulo, hoje batendo recordes de público na Itália. A decisão do escritor foi tomada depois de a emissora ter produzido a minissérie Aquarela do Brasil, de Lauro César Muniz, dirigida por Jayme Monjardim, também o diretor de dois grandes êxitos de Benedito, Pantanal, na Rede Manchete, e Terra Nostra, na Globo. ?Ocorre que a segunda parte desta última, com os descendentes dos personagens da primeira, se desenrolaria no período abordado pela minissérie levada ao ar recentemente?. Benedito fora convocado a escrever Terra Nostra para resolver uma séria crise de audiência das novelas da Globo no ano passado. A novela fez tanto sucesso que, para o autor ser autorizado a terminar a primeira parte, contando a chegada dos imigrantes italianos no fim do século passado, ficou combinado que a segunda - com a ação prevista para os anos 40 e 50 deste século ? ficaria para daqui a um ano. ?Agora a continuação daquela história perdeu completamente o sentido?, justificou Benedito a Mário Lúcio.

Agencia Estado,

23 de dezembro de 2000 | 10h09

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.