Russos homenageiam Paulo Coelho

O recém-eleito imortal da Academia Brasileira de Letras Paulo Coelho está na Rússia, onde recebeu hoje uma menção honrosa. A homenagem foi feita durante a abertura do Coelho-fest, um festival sediado em Moscou totalmente inspirado em sua obra. Além da venda dos livros de Coelho, o evento contará com um ritual budista com canto, apresentações de música celta e música árabe e espetáculos de dança do ventre.Segundo o jornal Sofía, dos quarto livros de Coelho que foram traduzidos para o russo, já foram vendidos cerca de um milhão de exemplares. Ele está na Europa há quase um mês, e não deve retornar antes de outubro. Ele receberá no dia 6 do mês que vem o Prêmio de Consciência Global, concedido pelo Clube de Budapeste, por sua obra literária e por seu trabalho "a favor do entendimento entre as diversas gerações e culturas". Bill Clinton fará o discurso de abertura do evento, que acontece este ano em Frankfurt, Alemanhã, e que já rendeu homenagens a figuras como Mikhail Gorbachov e Vaclav Havel.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.