Rússia ameaça multar Madonna

As autoridades russas ameaçaram ontem multar a cantora norte-americana Madonna se ela defender os homossexuais durante seu show em São Petersburgo, marcado para agosto. "Se Madonna ou algum dos organizadores infringir a lei, será castigado: a cantora pode receber multa de até 5 mil rublos (US$ 170)", afirmou o deputado Vitali Milónov. Foi aprovada, recentemente, em São Petersburgo, polêmica lei que proíbe a propaganda homossexual na região. Madonna afirmou em sua página no Facebook que "falará em favor da comunidade homossexual para mostrar seu apoio e dar força e inspiração a qualquer um que se sentir oprimido". / EFE

O Estado de S.Paulo

23 de março de 2012 | 03h10

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.