Ronaldinho vira produtor de teatro

O atacante do Inter de Milão, Ronaldinho, anunciou ontem oficialmente que é co-patrocinador de dois espetáculos de teatro: A Controvérsia, de Jean-Claude Carrière, produzido pelo jornalista Pedro Bial e dirigido por Paulo José, e do projeto Nelson Rodrigues: 60 Anos de Teatro, de José de Abreu, que prevê a montagem da peça A Mulher sem Pecado e ciclos de filmes e palestras. A primeira peça, A Controvérsia, estréia no dia 8 de setembro, no Teatro Glória, com elenco de dez pessoas e orçamento de R$ 400 mil. Os outros patrocinadores são majoritários: a BR Petrobrás entrou com R$ 150 mil e outro não revelado com a mesma quantia. A peça fala de um encontro entre padres da Igreja Católica, em 1550, para decidir se os habitantes da América, então recém-descoberta, tinham alma e eram humanos. "É um tema absolutamente atual, pois discute a hegemonia de países e culturas", explicou Pedro Bial, que foi também tradutor da peça. "É um espetáculo de época, mas trouxemos o debate para os dias de hoje."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.