Rogério é eliminado do BBB4 com 58% dos votos

Parece que, desta vez, finalmente uma mulher vai faturar o prêmio máximo do Big Brother Brasil. O jardineiro Rogério Dragone, de 25 anos, indicado para a berlinda na votação dos participantes do programa, foi o penúltimo homem a deixar a quarta edição do reality show da TV Globo. Nesta terça-feira, Rogério perdeu o "paredão" disputado com a promoter Marcela, indicada a sair da casa pela líder da semana, Solange. O jardineiro foi eliminado com 58% dos votos da audiência.Ex-aluno de Engenharia, Rogério freqüentou o curso até o terceiro ano mas abandonou a faculdade por falta de dinheiro. Antes de ter sido selecionado para participar do jogo, ele cuidava de túmulos no cemitério da Lapa, em São Paulo. Ao sair do confinamento, disse que espera que sua aparição na TV lhe permita conseguir um novo emprego para garantir uma vida melhor para a mãe, também funcionária do cemitério. "O trabalho é digno, mas muito cansativo para uma pessoa de 54 anos", afirmou. Como quase todas as novas "celebridades" que saem do jogo, Rogério manifestou o desejo de se tornar artista: "Não descarto virar ator".No programa, o jardineiro namorou a frentista Solange, apesar de ter dito que a moça não é muito asseada. Os dois adoravam ficar na cabaninha de edredons que Rogério montava quando o casal queria ter momentos de "privacidade". Mas tudo indica que a relação não irá adiante: ele confessou não estar apaixonado. "Gostava de conversar com ela, de brincar no quarto do líder, de beijá-la, mas nada além disso", disse, já do lado de fora. Lá dentro, a moça nutre a expectativa de viver, no mundo real, um romance com o jardineiro. Chorou muito com a saída do namorado e precisou ser consolada pelos companheiros de confinamento. Rogério era o último jogador da turma liderada pelo lutador Marcelo Dourado, que deixou a casa na semana passada. Com a saída do jardineiro, já são nove participantes eliminados e o programa entra na reta final: faltam três semanas para o encerramento do jogo. Quatro mulheres (Cida, Juliana, Marcela e Solange) e apenas um homem (Thiago) continuam na disputa pelos R$ 500 mil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.