Rodin lidera circuito das artes em SP

Rodin está dando um baile nas esfinges e nos seus compatriotas franceses. Tendo como trunfo o ingresso grátis, A Porta do Inferno, na Pinacoteca, é atualmente a mostra mais visitada pelos paulistanos, seguida de longe pelas exposições Egito Faraônico, no Masp, e Parade - 100 Anos de Arte, na Oca do Ibirapuera. Tem sido uma luta fácil para Rodin. Por volta de 5 mil pessoas visitam a exposição do artista diariamente. Os organizadores esperam números ainda maiores, por volta de 10 mil, durante as últimas semanas da exposição, que encerra-se no dia 9 de dezembro.O segundo lugar está sendo ocupado pela exposição Egito Faraônico - Terra dos Deuses, com média de 3 mil pessoas por dia. A organização acredita que o número aumente até o término da mostra, em 16 de dezembro.O bronze ficou com Parade - 100 Anos de Arte, com 1,5 mil visitantes por dia. Mas a luta não está encerrada. A exposição só está aberta há duas semanas e fica na cidade até 15 de janeiro. Que comece o segundo round.Rodin - A Porta Do Inferno - De 3.ª a dom., das 10 às 17 h. Pinacoteca do Estado (Pça da Luz, 2, tel.: 229-9844).Egito Faraônico - Terra Dos Deuses - De 3.ª a dom., das 11 às 18 h. Masp (Av. Paulista, 1.578, tel.: 251-5644).Parade - 100 Anos De Arte - De 3.ª a 6.ª, das 9 às 21 h; sáb. e dom., das 10 às 21 h. Oca (Av. Pedro Álvares Cabral, s/n.º, portão 2, tel.: 5573-6073).

Agencia Estado,

17 de outubro de 2001 | 12h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.