JF Diorio/ AE
JF Diorio/ AE

Roda Viva cresce em ibope sem Marília Gabriela

Programa retomou formato antigo e superou média conquistada pela apresentadora

Alline Dauroiz - O Estado de S. Paulo, O Estado de S.Paulo

06 de fevereiro de 2012 | 03h08

Desde que retornou às origens, com a saída de Marília Gabriela da bancada e a volta do formato em que diversos entrevistadores sabatinam um convidado, o Roda Viva, da Cultura, cresceu em audiência.

 

Com Marília, que entrou em agosto de 2010 e não fazia o programa ao vivo, a atração registrava média de 0,7 ponto - oscilando entre 0,4 e 0,8 ponto. A curva ascendente no Ibope começou logo após a saída da loira, com a estreia de Mario Sergio Conti na bancada, em 17 de setembro.

 

De outubro a dezembro, o Roda cresceu de 0,8 para 1,2 ponto - com recorde de 1,5 ponto na participação de Datena, em 21 de dezembro. Em janeiro, o ibope caiu para 0,9 ponto, média maior que a registrada por Marília.

 

Tudo o que sabemos sobre:
Roda VivaMarília Gabriela

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.