Roda recebe Osvaldinho na festa de 5 anos

A cada encontro desde 2007, a roda do Samba do Bule reúne cerca de 700 pessoas na última sexta-feira de cada mês. Ali se aprendem novos sambas dos compositores da turma, além de clássicos dos homenageados, como Batatinha, Ismael Silva, João Nogueira, Caco Velho. A próxima roda, no dia 29, celebra os cinco anos do Samba do Bule e vai receber um dos ícones do samba paulistano, Osvaldinho da Cuíca. A roda se desenvolve em torno de diversos bules espalhados pela mesa no centro. "Alguns têm água, outros, cachaça. De manhã, quando estamos limpando exaustivamente o barracão, sempre acaba aparecendo um bule de café puro. É a salvação", diz Césinha. "Digamos que quando bebemos do bule ele nos inspira. O bule roda na mão de todos os presentes, simbolizando a partilha que o samba nos traz, a comunhão e união de todos." Mais informações no site sambadobule.ning.com. /L.L.G.

O Estado de S.Paulo

20 de junho de 2012 | 03h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.