'RocknRolla', de Guy Ritchie, chega nesta sexta ao Brasil

Produção do ex-marido da cantora Madonna foi a maior bilheteria do verão inglês; Gerard Butler está no elenco

Flávia Guerra, de O Estado de S. Paulo, Agencia Estado

31 de outubro de 2008 | 10h31

Não é preciso ser fã de Madonna e muito menos ter assistido aos filmes de Guy Ritchie para saber que o casal protagoniza um dos divórcios mais comentados da história recente do show biz. Desde que anunciaram a separação, há pouco mais de duas semanas, tudo o que os tablóides do mundo mais falam é no quanto ''richer'' (mais rico) Ritchie está agora. Segundo a agência EFE, ele já rejeitou uma bolada de US$ 32 milhões, oferecida pela cantora pelo divórcio. Há quem diga que ele não ficará sem, pelo menos, U$ 200 milhões. Veja também:Trailer de 'Rocknrolla - A Grande Roubada'  Tema árido com tratamento divertidoEnquanto os tablóides especulam, Ritchie não parece muito incomodado com a perseguição incessante dos paparazzi e tem-se esmerado em mostrar que tudo vai bem. Na semana passada, saiu pela primeira vez à noite desde a separação. Parece pouco, mas não é. Primeiro pelo fato de que o diretor inglês está rodando na cidade seu mais novo filme, um ?novo? Sherlock Holmes. Segundo pelo fato de que os amigos que o acompanhavam eram ninguém menos do que Robert Downey Jr. (Sherlock) e Jude Law (Watson). Guy não faz o tipo estrela inacessível. Vira e mexe pode ser visto pedalando (sem capacete, claro) pelas ruas de West London, onde morava com Madonna e os filhos. "Não descarto a possibilidade de ir ao Brasil em breve. Quem sabe levo até as crianças", brincou ele com a reportagem do Estado.Seu filme RocknRolla - A Grande Roubada, que estréia hoje nas salas brasileiras, foi a maior bilheteria do verão inglês. Só no primeiro fim de semana na Inglaterra, no início de outubro, o filme faturou 2,8 milhões de libras. E o número só vem aumentando com as estréias internacionais. No Brasil, não deve ser diferente. Madonna pode até encher cinco estádios no Brasil, mas Ritchie tem bala para levar alguns milhares de espectadores para conferir sua releitura do fenômeno da especulação imobiliária pelo qual Londres tem passado na última década.Filho de uma família classe média alta inglesa, Guy Ritchie conhece como poucos as transformações que sua cidade natal vem passando. "Adoro filmar cada canto desta cidade", contou o diretor, que se tornou um dos astros do atual cinema pop com seus dois primeiros filmes Jogos,Trapaças e Dois Canos Fumegantes e Snatch - Porcos e Diamantes.

Tudo o que sabemos sobre:
cinemaestréiaGuy Ritchie

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.