Imagem Cristina Padiglione
Colunista
Cristina Padiglione
Conteúdo Exclusivo para Assinante

Roberto Carlos eleva ibope da Globo em 83%

Com Alcione, Alexandre Nero, Luan Santana, Sophie Charlotte e Glória Maria, Roberto Carlos e seu show de Natal elevaram em 83% a audiência da Globo na Grande São Paulo, anteontem. O resultado vem da comparação com os dados do horário nas quatro terças-feiras anteriores. A média do especial da vez bateu nos 22 pontos - 10 a mais que o saldo habitual e algo excepcional para o horário. No Rio, o crescimento foi ainda maior (87%), com 28 pontos de média. O programa também foi impulsionado pela boa audiência de Tapas & Beijos, que bateu seu recorde do ano, com 27 pontos de média em São Paulo e 32 no Rio.

Cristina Padiglione, O Estado de S.Paulo

25 Dezembro 2014 | 02h04

Um aviso a quem espera ver Bruno Gagliasso em uma 2.ª temporada de Dupla Identidade em 2015: o ator está escalado para Babilônia, próxima novela das 9 da Globo, que estreia em março. Assim, ou a 2.ª safra virá sem ele, no ano que vem, ou seu serial killer só voltaria em 2016.

Aviso 2. A continuação da série de Glória Perez, no entanto, é dada como caso certo na Globo. Fazia tempo que as noites de sexta não encontravam um enredo tão sedutor para a audiência. O conjunto todo, do texto à direção, foi considerado de grande êxito pelo comando da emissora.

Dani Calabresa pode fazer par com Antonio Tabet, o Kibe Loco, como comentarista do Oscar no canal TNT. A ideia é que a dupla faça uma participação alternativa à tradicional atuação de Rubens Ewald Filho, de quem a audiência do canal não abre mão.

Ainda em cartaz nos cinemas, o documentário Esse Viver Ninguém Me Tira, dirigido por Caco Ciocler e produzido pela Cine Group, chega dia 6 de janeiro ao canal Arte 1. O filme homenageia Aracy Moebius de Carvalho, conhecida como o Anjo de Hamburgo, que foi mulher de João Guimarães Rosa e morreu em 2011, aos 102 anos.

Showrunner. Dezoito roteiristas, divididos em trios, trabalham atualmente nas dependências da produtora O2 Filmes, no desenvolvimento de seis novos roteiros, sob o comando de Andréa Barata Ribeiro. O expediente é fruto de edital da Ancine que destina verba só para a criação de roteiros.

Showrunner 2. Os vencedores desse edital da Ancine destinado ao desenvolvimento de roteiros estão automaticamente fora da concorrência da próxima rodada, e só podem concorrer novamente no ano seguinte, caso emplaquem parte dos projetos agora em criação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.