Rita Lee oferece recompensa de R$ 10 mil por guitarras

Equipamentos musicais foram roubados no domingo do caminhão que fazia transporte da turnê 'Picnic'

Agência Estado,

28 Agosto 2008 | 09h05

A cantora Rita Lee ofereceu na quarta-feira, 27, uma recompensa de R$ 10 mil por "informações que possam levar concretamente à recuperação" dos equipamentos musicais, roubados na noite de domingo, do caminhão que fazia o transporte dos instrumentos de sua banda. O anúncio foi feito pela assessoria de imprensa da cantora, que ainda destacou o "valor afetivo" dos instrumentos e impossibilidade de realizar shows sem eles. Duas apresentações já foram adiadas por causa do roubo, ambos no Paraná: um em Foz do Iguaçu, que seria realizado no dia 5 de setembro, e outro em Cascavel, no dia seguinte. Músicos e técnicos da banda de Rita Lee vêm fazendo uma peregrinação por lojas de música da Rua Teodoro Sampaio, na zona oeste de São Paulo, e da Santa Ifigênia, no Centro, pedindo aos comerciantes que os contatem caso tenham informações sobre o paradeiro ou alguém tente lhes vender os instrumentos. Uma guitarra usada pela banda, como o modelo Gibson Classic, pode custar entre R$ 9 mil e R$ 10 mil. Além de 15 guitarras, os ladrões também levaram três violões, dois baixos, dois teclados, uma bateria, computadores, microfones e até perucas. A ação aconteceu às 19h30 de domingo, quando o caminhão estava na Raposo Tavares, no trecho de Cotia, na Grande SP, voltando de um show em Curitiba. Seis homens abordaram o motorista e o agrediram. O roubo está sendo investigado pela 3ª Delegacia Seccional de Polícia (Oeste). As informações são do Jornal da Tarde.

Mais conteúdo sobre:
música Rita Lee roubo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.