Ricky Martin falará sobre fama e sexualidade em autobiografia

O cantor Ricky Martin revelará em sua autobiografia as lutas que enfrentou em sua carreira musical durante o caminho até a fama e ao aceitar sua sexualidade e paternidade.

REUTERS

19 de agosto de 2010 | 21h28

As versões em inglês e espanhol do livro, intitulado "Me" e "Yo", respectivamente, serão publicadas em capa dura nos Estados Unidos em 2 de novembro, depois de ser adquirido pela Celebra, uma divisão da Penguin, informou a editora nesta quinta-feira.

Martin, de 38 anos, disse que estava escrevendo suas memórias em março, ao mesmo tempo em que anunciou ser homossexual, pondo fim a anos de especulações.

O cantor tornou-se pai de gêmeos em 2008, através de uma mãe de aluguel, e até o momento não foram fornecidos detalhes sobre a mulher ou o nascimento.

"Escrever este livro me permitiu explorar os diferentes caminhos e experiências que me levaram a ser quem sou hoje", disse o cantor de "Livin' la Vida Loca" em comunicado.

O artista porto-riquenho começou na banda Menudo e em meados da década de 1990 lançou carreira solo.

(Reportagem de Christine Kearney)

Tudo o que sabemos sobre:
GENTEMARTINLIVRO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.