Richard Serra ganha prêmio

VISUAIS

, O Estado de S.Paulo

13 de maio de 2010 | 00h00

O escultor americano Richard Serra recebeu ontem em Oviedo, na Espanha, o Prêmio Príncipe de Astúrias das Artes 2010. O artista, filho de pai espanhol, é conhecido por suas obras de grande tamanho feitas com materiais industriais como o chumbo e o aço. O júri da premiação destacou a audácia de Serra para trabalhar "desde sua perspectiva minimalista os espaços urbanos mais significativos em escala internacional, através de obras de grande potência visual que convidam à reflexão e ao assombro". O escultor, já finalista do prêmio em quatro edições anteriores e que foi indicado por Carmen Giménez, da Fundação Solomon R. Guggenheim de NY, se impôs nas últimas votações às candidaturas do diretor de orquestra Riccardo Muti e do cineasta Carlos Saura. Serra recebeu 50 mil e reprodução de escultura desenhada por Joan Miró. Concorreram 29 candidatos de 14 países. O Príncipe de Astúrias de Artes de 2009 foi concedido ao arquiteto inglês Norman Foster. / EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.