Valerio Nicolosi/AFP
Valerio Nicolosi/AFP

Richard Gere visita imigrantes retidos em navio no Mediterrâneo

O ator Richard Gere chegou ao barco com uma faixa dizendo: 'Vocês não estão sozinhos'

Redação, Reuters

09 de agosto de 2019 | 21h53

O ator norte-americano Richard Gere visitou nesta sexta-feira 121 imigrantes retidos há uma semana em um navio de resgate no mar Mediterrâneo, e o Executivo da União Europeia exortou seus países-membros a mostrarem solidariedade para se encontrar uma solução.

Chegando em um barco decorado com uma faixa dizendo “Vocês não estão sozinhos”, o astro de 69 anos levou água e outros mantimentos ao navio Open Arms e conversou com vários imigrantes sobre a experiência de fugir da Líbia devastada pela guerra.

“A coisa mais importante para essas pessoas aqui é poder chegar a um porto livre, descer do barco, ir para a terra e começar uma vida nova”, disse Gere em um vídeo publicado na internet.

“Por favor, apoiem-nos aqui no Open Arms e ajudem estas pessoas, nossos irmãos e irmãs”.

Os imigrantes, entre eles 32 menores de idade, foram resgatados na quinta-feira passada pela instituição de caridade sediada em Barcelona, e agora o navio está em águas internacionais próximas da ilha italiana de Lampedusa. Os imigrantes estão em um limbo desde que Itália e Malta rejeitaram pedidos para desembarcá-los.

As autoridades italianas, em particular, estão em choque com grupos humanitários que recolhem imigrantes no litoral líbio com o objetivo de levá-los para a Itália, impedindo-os de atracar até que outros países da UE concordem em acolher a maioria deles.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.