Divulgação
Divulgação

Reynaldo Gianecchini é diagnosticado com linfoma

Rede Globo confirmou que o ator tem linfoma não-Hodgkin; ele está internado desde o dia 1º

Ubiratan Brasil - O Estado de S. Paulo e estadão.com.br,

10 Agosto 2011 | 11h41

SÃO PAULO - O ator Reynaldo Gianecchini foi diagnosticado com linfoma  não-Hodgkin. Ele está internado no hospital Sírio Libanês, em São Paulo, desde o dia 1.º de agosto. A assessoria de imprensa da Rede Globo confirmou a doença e divulgou nota do ator, em que ele afirma que "está pronto para a luta".

Há mais de 20 tipos diferentes de linfoma não-Hodgkin. Entre os linfomas, é o tipo mais incidente na infância, e, em geral, quando diagnosticado precocemente, apresenta bom prognóstico.

 

A equipe médica do hospital só confirmou o período de internação mas deverá divulgar mais detalhes na tarde de hoje, quarta-feira, 10, em um comunicado oficial.

 

Gianecchini foi internado depois que uma faringite crônica, tratada com antibiótico, resultou em grave reação alérgica. Desde então, ele não mais deixou o hospital. Por conta disso, o ator não pode atuar na peça Cruel, no teatro Faap, em São Paulo,  onde estava em cartaz às segundas e terças-feiras. Por conta de seu estado de saúde, a produção da peça comunicou que a temporada foi cancelada.

 

Leia abaixo nota do ator.

"Após ser internado com suposto sintoma de faringite, foi diagnosticado um Linfoma Não-Hodgkin. Estão sendo realizados novos exames para a especificação adequada. Estou pronto para a luta e conto com o carinho e o amor de todos vocês,

Reynaldo Gianecchini"

 

*Atualizado às 17h30 para acréscimo de informações

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.