Revista vai recorrer em caso de fotos de Zeta-Jones

A revista de celebridades Hello! planeja apelar em corte da decisão judicial que lhe obriga a pagar uma indenização de cerca de US$ 1,9 milhão a uma revista concorrente por publicar fotos do casamento de Michael Douglas e Catherine Zeta-Jones, disse um advogado da revista hoje.No ano passado, um juiz de Suprema Corte em Londres decidiu que a Hello! havia rompido os direitos contratuais dos artistas com a revista Ok! ao publicar fotos tiradas secretamente do casamento dos dois em novembro de 2000.Douglas e Catherine tinham assinado um contrato de exclusividade com a revista rival Ok! para o uso das fotografias da cerimônia no Hotel Plaza de Nova Yokr. O juiz John Lindsay deu ao casal uma indenização de US$ 28 mil, mas disse que a OK! deveria receber mais de US$ 1,9 milhão pelos danos comerciais por perder a cobertura exclusiva.O advogado da Hello! Christopher Hutchings disse que a revista vai à corte para apelar contra a indenização. Ele disse que o argumento da revista é que a publicação foi feita propositalmente com o objetivo de furar a edição da OK!. Ele garantiu que a revista não discutiria sobre a indenização de Douglas e Catherine.Durante uma série de audiências que duraram seis semanas, no ano passado, Catherine disse que se sentiu "violada" quando a Hello! publicou suas "desleixadas e nada elogiáveis" fotografias. Ela citou uma foto em que Douglas aparece dando um pedaço de bolo para ela na boca, dizendo que "eu não gosto de ser fotografada com o meu marido enfiando uma colher na minha boca".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.