Revista Time elege Putin 'homem do ano' por estabilidade russa

Editor diz que presidente russo é o novo czar da Rússia e merece honra por tirar o seu país do caos

Agências internacionais,

19 de dezembro de 2007 | 12h00

A revista americana Time nomeou nesta quarta-feira, 19, o presidente russo, Vladimir Putin, como a "pessoa do ano". A escolha de 2007 foi feita por conta da "extraordinária liderança em tirar o seu país do caos e trazer estabilidade", segundo afirmou Richard Stengel, editor da Time.   "Ele é o novo czar da Rússia e é perigoso no sentido de que não se importa com liberdades civis, ele não se importa com o discurso livre", disse Stengel. O editor afirmou ainda que Putin é popular entre os russos, que acreditam que o presidente que deixa o cargo em março de 2008 é o responsável por garantir a dose necessária de estabilidade ao país após a desordem provocada pelo colapso da União Soviética em 1990.   Outras personalidades como o ganhador do Nobel da Paz Al Gore e a autora de Harry Potter, J.K. Rowling, são citados na edição deste ano.   Segundo a BBC, a revista elege vencedores polêmicos desde 1927, com o objetivo de identificar quem mais influencia o noticiário. O presidente iraniano Mahmoud Ahmadinejad, o líder chinês Hu Jintao e o dirigente norte-coreano Kim Jong-il eram alguns dos preferidos de 2006.   O presidente da Microsoft Bill Gates, sua mulher Melinda e o cantor Bono garantiram o topo da lista no ano passado e alguns outros vencedores recentes são o presidente americano George W. Bush e "o soldado americano", em 2003. Várias escolhas já geraram polêmica, como a de Adolf Hitler, em 1938, e do supremo líder do Irã, o aiatolá Khomeini, em 1979.

Tudo o que sabemos sobre:
Vladimir PutinRússiaTime

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.