Revista mostra universo feminino em fotos

O universo feminino é o que a segunda edição da revista Casa do Vaticano mostra a partir dessa sexta-feira em suas páginas e em uma exposição na Pinacoteca do Estado. Sob a direção de arte de Marcello Serpa, a capa reproduz uma chave rosa que abre as portas para imagens que flagram cenas autênticas da vida feminina. "Não queria uma imagem falsa ou extremamente erotizada como a mídia costuma explorar", diz Serpa.A seleção dos 48 trabalhos de 23 fotógrafos também ficou a cargo do publicitário. Entre eles, estão Antonio Saggese, Cristiano Mascaro, Fernanda Tricoli, Kiyoe Tizuka, Luis Crispino Marlene Bergamo, Pedro Martinelli, Rochelle Costi e Walter Firmo.Lançada em outubro, a primeira edição não teve tema definido. Apenas fotos impressas em papel fosco, que garante maior fidelidade às cores. Dessa vez, Serpa dirigiu o foco para a mulher. "Meu objetivo foi retratar suas delicadezas sem cair no óbvio, revelando suas nuances, do bebê à idosa, e construir, por meio das imagens, histórias que cobrissem esse universo tão peculiar", conta o publicitário. E realmente há espaço para todas. Até mesmo para imagens em que a mulher não é o foco, mas seu traço está lá, como em um pente deixado sobre uma pia. Até para a sensualidade infantil há espaço. "Não é lindo ver uma mulher que, involuntariamente, é sensual, mas de uma maneira pura, ingênua?", diz Serpa. Segundo o publicitário, na revista, duas fotos sozinhas contam suas histórias, mas, quando agrupadas contam uma terceira história.Criada por Luiz Carlos Burti, presidente do grupo Burti, e pelo publicitário Tomás Lorente, a revista trimestral já é apontada como vitrine da produção fotográfica nacional. "Nosso objetivo é homenagear quem faz a fotografia", conta Burti. Não há textos nem anúncios, somente imagens. "Permitir essa liberdade de criação é realizar um laboratório realmente aberto à criatividade; vai virar peça de coleção", brinca Burti. O primeiro número teve a verba arrecadada com a venda doada para uma entidade assistencial. Dessa vez, a renda vai para a própria Pinacoteca, onde a revista está sendo vendida por R$ 50. A exposição, sob curadoria de Diógenes Moura, também dá continuidade ao projeto da Pinacoteca de mostrar, por meio de exposições paralelas, a produção fotográfica do País.Exposição da Revista do Vaticano 2. De terça a domingo, das 10 às 18 horas. Pinacoteca do Estado. Praça da Luz, 2, tel. 229-9844. Até 10/3

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.