Revista "Azougue" volta a circular

A revista Azougue volta ao circuito literário. Amanhã, às 20h, será lançado o sétimo número da revista que surgiu para divulgar "o trabalho dos poetas que ficaram à margem das escolas literárias", diz o editor Sérgio Cohn. E a prosa também. Trata-se de uma revista que existe há cinco anos, sem financiamento, portanto, sem periodicidade definida. "Sai quando reunimos o dinheiro necessário", explica o editor.O lançamento, na Funarte, terá show da banda cult 3 Hombres e exibição de curtas de vanguarda. A novidade desta edição é que em vez de publicar dois depoimentos de poetas consagrados, como vinha fazendo, esse espaço da revista será dividido com um poeta novo. Assim, Antonio Fernando de Franceschi o poeta consagrado na Paulicéia, aparece ao lado do carioca Alberto Pucheu. Sobre a poesia de Pucheu, o editor diz que "não é concreta, não é modernista, não é soneto, é difícil definir, mas são poemas em prosa, alguns longos." O novo número traz ainda poemas de James Joyce traduzidos e uma entrevista com o romancista José J. Veiga, além de poemas de Roberto Piva.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.