Thomas Peter/Reuters
Thomas Peter/Reuters

Revista americana antecipa seleção que Festival de Cannes divulga amanhã

Expectativa é com o filme 'On The Road', do brasileiro Walter Salles, estrelado por Kristen Stewart

LUIZ CARLOS MERTEN - O Estado de S.Paulo,

18 de abril de 2012 | 03h08

Uma das Bíblias do showbiz, The Hollywood Reporter disputa com Variety o posto de número 1. As duas revistas publicam edições diárias nos maiores festivais do mundo - mesmo que em Berlim, em fevereiro, a primeira tenha desistido, lá pelas tantas, da circulação em papel, oferecendo somente a versão online. Com data de 6 de abril - e com o sugestivo título de Oui! Oui! Oui!, sim, sim, sim -, The Hollywood resolveu antecipar a seleção de Cannes neste ano, que o festival anuncia somente amanhã. Vamos pegar carona e preparar o leitor para as delícias cannoises de 2012, no período de 16 a 27 de maio.

Antes de Cannes, é bom relembrar alguns lances do Festival de Berlim. Que Meryl Streep, que nada - na Alemanha, a homenageada com o Urso de Ouro de carreira atraiu mais jornalistas na coletiva do que público na frente do Palast. É verdade que Berlim ocorre no mais rigoroso inverno e que a temperatura nunca é agradável, e menos ainda ao relento, diante do palácio do festival. Pois uma extensa população jovem desafiou frio e neve para ver a top star da Berlinale em 2012. Foi Robert Pattinson, o astro da série Crepúsculo, apresentando a adaptação de Bel Ami, de Gui de Maupassant. O filme de Declan Donnellan e Nick Ormerod estava mais para James Ivory que Luchino Visconti como drama de época, mas Pattinson foi um príncipe, distribuindo autógrafos e sorrisos.

Segundo The Hollywood Reporter, Cannes planeja visar e até dobrar o feito. Não apenas Robert Pattinson, mas a dupla de Crepúsculo, deve fazer da montée des marches uma festa midiática. Com sol e calor, como costuma ser na primavera da Riviera, a expectativa é de que multidões se formem para ver Kristen Stewart subir a escadaria do palais na première de On the Road, de Walter Salles, e Pattinson na de Cosmopolis, de David Cronenberg. Desta maneira, a revista desvenda, e todo mundo espera que esteja certa, duas das apostas do ano.

On the Road baseia-se no livro de Jack Kerouac que, em 1957, definiu a "Beat generation". Cosmopolis é outra adaptação - do livro de Don De Lillo, que trata de um dia de enlouquecer na vida de um jovem financista. Essas são apostas. O que já está definido no site do festival - www.festival-cannes.fr - é que a gala de abertura será com o novo Wes Anderson, Moonrise Kingdom, com Bruce Willois, Edward Norton e Bill Murray. O cartaz homenageia Marilyn Monroe, o presidente do júri será Nanni Moretti. Todo ano Cannes propõe, por meio da seleção oficial - e das mostras paralelas -, uma viagem pelo cinema mundial. Este ano, o site inova. Você poderá consultar A História Ilustrada do Cinema Mundial, com artigos especialmente escritos para a revista virtual de Cannes.

Fotos, seleções de críticas, depoimentos - o verbete dedicado ao Brasil é assinado por Paulo Paranaguá, com aporte de Cacá Diegues, o diretor brasileiro que mais pisou naquele território sagrado para o cinéfilo, que é o tapis rouge, o tapete vermelho. De volta a The Hollywood Reporter, a revista tenta desvendar o quebra-cabeças montado pelo diretor artístico Thiérry Frémaux - e que ele deve anunciar na coletiva de amanhã, sempre em companhia do presidente do festival, Mr. Cannes, Gilles Jacob. Brad Pitt deve dar o ar da graça (com Angelina Jolie?) em Coogan's Trade, de Andrew Dominik; Marion Cotillard estrela o suspense romântico Rust and Bone, de Jacques Audiard, o autor de O Profeta.

Se Derek Cianfrance terminar The Place Beyond the Pines, Ryan Gosling voltará à Croisette após o sucesso de Drive no ano passado. Terrence Malick, que venceu a Palma em 2011 com A Árvore da Vida, também poderá voltar, com um novo trabalho estrelado por Ben Affleck e Jessica Chastain. Outras possibilidades - Amour, de Michael Haneke, com Isabelle Huppert; The Angel's Share, de Ken Loach; e o novo Manoel de Oliveira, O Gebo e a Sombra, com Jeanne Moreau e Claudia Cardinale. O suspense termina amanhã - 11 h de Paris, 6 h no Brasil.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.