Revelação indie, Mallu Magalhães faz show na Virada Cultural

Fãs não conseguiram se aproximar da cantora, que foi embora assim que encerrou sua apresentação

Livia Deodato, de O Estado de S. Paulo,

27 de abril de 2008 | 18h37

Naara Carvalho da Silva, de 15 anos, saiu cedinho de sua casa no domingo com a mãe, Isabel Donizete Carvalho, de 52, para assistirem a Mallu Magalhães, a revelação no cenário indie, descoberta pela internet, mais precisamente no site MySpace. O show estava marcado para às 11 horas - e elas chegaram lá por volta das 8 horas da manhã. "Ela é legal demais, é uma inspiração pra mim", afirmou a garota que tem a mesma idade de Mallu. Naara ouviu pela primeira vez a jovem cantora e compositora, dona do hit Tchubaruba, na MTV e desde então segue seus passos. "Hoje à noite (ontem) vou ao Studio SP, onde ela vai se apresentar."   Veja também:   Em 24 horas, evento leva 4 milhões às ruas da capital Galeria de fotos com as principais atrações da Virada  Gal declara amor por São Paulo e contagia público Mautner, herói na periferia; Vanguart vibra no centro   Quase no fim do show, que em todos os aspectos se assemelhava a uma apresentação de colégio, Naara tirou de seu bolso dois papéis sulfites com os dizeres, escritos com canetinhas coloridas: "Mallu, você é demais" e "Quero uma palheta, 'pliz' (sic)". Assim que o Trio Overcoming, formado por Hélio Flanders (vocalista do Vanguart) e Zé Mazzei (baixista do Forgotten Boys), além da própria Mallu, encerraram a apresentação com Maggie's Farm, de Bob Dylan, Naara correu para a lateral do palco, junto com algumas dezenas de outros fãs adolescentes, para pelo menos ver a 'ídola' mais de perto. Doce ilusão: Mallu, como uma autêntica estrela do folk, já tinha picado a mula, sem nem ao menos acenar para o seu cortejo, do qual fazia parte até mesmo o ousado e jovem pianista recifense Vitor Araújo.   "Eu queria convidá-los para assistir ao meu show hoje (ontem), lá no Auditório Ibirapuera", disse o garoto de 18 anos. Flanders, muito atencioso e já conhecedor das releituras polêmicas ao piano do pernambucano, confessou que adoraria ir assisti-lo e faria de tudo para que isso acontecesse.      

Tudo o que sabemos sobre:
Virada CulturalMallu Magalhães

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.