AP
AP

Retratista de celebridades pode perder direitos sobre sua obra

Annie Leibovitz tem até terça-feira par saldar dívida de US$ 24 milhões com o Art Capital Group

AE-AP,

05 de setembro de 2009 | 15h30

Uma das mais famosas retratistas do mundo, a fotógrafa Annie Leibovitz corre o risco de perder os direitos autoriais sobre seu trabalho. Annie, que regularmente estampa capas de revistas com provocativas fotografias de celebridades, tem até terça-feira para quitar uma dívida de US$ 24 milhões.

 

O Art Capital Group, uma empresa de Nova York especializada em tomar obras de arte como garantia de empréstimos de curto prazo, entrou com ação contra a fotógrafa em julho alegando quebra de contrato. De acordo com especialistas, a melhor opção para a fotógrafa pode ser um pedido de falência. Além de seu trabalho fotográfico, Annie também hipotecou três propriedades no Greenwich Village.

 

Entre os trabalhos mais famosos de Annie, está o retrato de Demi Moore grávida e nua, que apareceu na revista Vanity Fair, e o de John Lennon e Yoko Ono, capa histórica da revista Rolling Stone, em seção de fotos ocorrida poucas horas antes do assassinato do ex-beatle.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.