Divulgação
Divulgação

Retalhos restaurados de Maria Tomaselli, na Caixa Cultural

47 artistas intervieram com seus ‘retalhos’ na estrutura penetrável de 10m2, entre eles, Iberê Camargo

Marina Vaz, O Estado de S. Paulo

03 de setembro de 2010 | 06h00

Foi inspirada em uma colcha de retalhos que Maria Tomaselli criou, no fim dos anos 80, uma de suas mais conhecidas obras, a Oca Maloca, que volta à cidade restaurada. Ao ver a manta feita por uma artesã de Olinda (PE), a austríaca radicada no Brasil passou a pintar pequenos quadrados de tela e enviar sua obra ‘aos pedaços’ para a família, na Europa.

 

Anos mais tarde, a mesma ideia apareceu na instalação em formato de oca em que 47 artistas intervieram com seus ‘retalhos’. A estrutura penetrável, de 10m2, foi construída com ripas coloridas de madeira de antigas casas. Em seu interior, há pinturas de Iberê Camargo e Francisco Stockinger - e também, claro, da própria artista.

 

Oca Maloca - Onde: Caixa Cultural. Galeria Octogonal. Pça. da Sé, 111, Centro, 3321-4400. Quando: 9h/21h (Fecha 2ª). Abre Sáb. (4). Até 17/10. Quanto: Grátis. De 4 de setembro a 17 de outubro

Tudo o que sabemos sobre:
Maria Tomaselli

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.