Restaurante Horas conta com chefe experiente

O baiano José Silva ganhou o apelido de Zé Bigode, trabalhou em vários restaurantes italianos e, agora com o codinome de Giuseppe Mustacchi, comanda com muita competência a cozinha do agradável e aconchegante Horas. O Horas é, de certa forma, ´descendente´ do Gino e do Bice, restaurantes italianos com sotaque americano, mais especificamente de Nova York. Giuseppe Mustacchi (ou Zé Bigode) é um chefe experiente e que demonstrou bastante competência em várias massas, carnes e peixes. Seu cardápio é bem variado. Pratos mais puxados para a tradição, sem grandes arroubos criativos. Alguns exemplos: ravióli de figo e damasco (R$ 23); risoto do pescador (R$ 32,30); fetucine com funghi (R$ 28,90); rigatone à bolonhesa (R$ 21,70); risoto à calabresa (R$ 24,70); namorado com molho de camarão, alcachofra e shitake com purê de mandioquinha (R$ 35,20); escalope ao vinho do Porto (R$ 22,50) e filé com molho de três pimentas (R$ 28,30). A polenta à calabresa (R$ 12) agradou bastante. Duas camadas de polenta macia, enformada, com fatias de calabresa num saboroso molho de tomate. Zé Bigode relembra um pouco a sua origem no delicioso ravióli de carne-de-sol com abóbora e manteiga derretida aromatizada pela sálvia (R$ 23,30). Al dente e gostoso o spaghetti do mar com manjericão, rico, com vários camarões, mexilhões e outros frutos do mar (R$ 27,70). Muito bem-feitas, deliciosas as costelinhas de cordeiro. Para acompanhar, um talharim bem fininho na manteiga e sálvia. Bela combinação. Ótimo, também no ponto desejado, bem rosado, o magret de pato com um gostoso risoto de aspargos (R$ 36,70). O restaurante em si é simpático, pequeno, formal e agradável. Fachada discreta, com grandes vidraças, uma das quais evocando um relógio redondo, e um pequeno salão em forma de L com um bar na entrada e umas 14 mesas com toalhas bordô. Paredes de cores vivas e uma mesa com queijos e frutas. Serviço bastante cordial, mas demorado. Carta de vinhos apenas razoável, com exemplares de apenas um importador.Horas - Rua Banderia Paulista, 293, Itaim-Bibi, telefone 3071-1038. De terça a quinta, das 12 às 15h30 e das 19 à 0 hora. Sexta e sábado, das 12 às 15h30 e das 19 à 1 hora. Domingo, das 12 às 17 horas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.