Resolução limita obra no Belas Artes

Foi publicada anteontem no Diário Oficial do Município a resolução que considera oficialmente aberto o processo de tombamento do Cine Belas Artes. A partir da publicação, qualquer intervenção no imóvel deverá ser analisada pelo Patrimônio Histórico. O Conpresp vai avaliar a relevância do prédio no conjunto de edifícios de arquitetura moderna do fim dos anos 1940 e início da década seguinte, na caracterização urbanística da área da Rua da Consolação e da Paulista. Também analisa a necessidade de se preservar a arquitetura original do antigo Cine Trianon (precursor do Belas Artes), obra de 1950 do arquiteto de origem italiana Giancarlo Palanti (1906-1977).

, O Estado de S.Paulo

29 de janeiro de 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.