Repercussão

Chico Buarque

, O Estado de S.Paulo

22 de dezembro de 2010 | 00h00

Cantor e compositor

"Eu lhe desejo muita boa sorte."

Hugo Possolo

Diretor dos Parlapatões

"Trabalhei com a Ana na Funarte. Ela tem experiência grande no campo das políticas públicas. Por conhecer a dinâmica do setor, ela sabe os caminhos na hora de implementar a política. Aliás, sempre demonstrou uma visão política muito grande. É um ser político por excelência. Ainda que seja um governo de continuidade, essa nomeação abre outras perspectivas e pode dar uma reconfigurada no ministério. Se ela der continuidade ao que está acontecendo em muitos setores será muito bom. Mas também seria oportuno se ela reabrisse as discussões sobre a Rouanet - o problema não é a lei, mas as distorções da lei."

Marília Pêra

Atriz

"Não sou articulada a patrocínios nem ligada a essas questões do poder, mas recebi bem a nomeação. Conheço a Ana vagamente, e tenho muito respeito pelo Chico e por toda a sua família. Acredito que tenha sido uma boa escolha da presidente. Desejo a ela sorte, porque esse é um cargo complicado e de extrema responsabilidade."

John Neschling

Maestro

"A gestão de Juca Ferreira foi das melhores, senão a melhor das últimas gerações de ministros da Cultura. Comportamento democrático, republicano, discussões com a sociedade, reflexão sobre política cultural e a razão e forma das políticas de incentivo."

Martinho da Vila

Compositor

"Acompanhei um pouco o trabalho artístico da Ana, e sei que ela tem experiência administrativa. Não me alinhei (contra ou a favor da permanência de Juca Ferreira), mas acho que deve haver uma continuidade, porque sou completamente favorável ao que já foi feito."

Roberto Farias

Presidente da Academia Brasileira de Cinema

"Acho um excelente nome, e espero que ela dê atenção especial ao cinema brasileiro. Ficou faltando uma política industrial, para o nosso filme competir com o estrangeiro. Foi cumprida uma etapa, mas está na hora de mudar. É preciso atender também outros setores que não foram atendidos na gestão do Gil e do Juca, que foi bem interessante. Depois de oito anos no poder, acho que a democracia exige uma rotatividade, embora não tenha nada contra o Juca."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.