RENATA SORRAH A NOITE DE

O espetáculo Esta Criança, da Cia. Brasileira de Teatro, foi o grande vencedor da 25ª edição do Prêmio Shell de Teatro do Rio. Recordista de indicações deste ano, a peça que concorreu em cinco categorias levou quatro troféus para casa.

MARIA EUGÊNIA DE MENEZES, O Estado de S.Paulo

21 de março de 2013 | 02h10

Da cerimônia, que aconteceu na noite de terça, no Espaço Tom Jobim, no Jardim Botânico, saíram premiados: Renata Sorrah (melhor atriz), Marcio Abreu (melhor diretor), Nadja Naira (melhor iluminação), e Fernando Marés (melhor cenário).

Trata-se da primeira parceria entre Renata Sorrah e o grupo de Curitiba. Na categoria de atriz, ela concorria com outros importantes nomes, como Drica Moraes, lembrada por A Primeira Vista, e Simone Spoladore, por Depois da Queda.

A montagem, que apresentou ao País a dramaturgia do francês Joël Pommerat, está na programação do Festival de Teatro de Curitiba. Sua estreia em São Paulo está prometida para o dia 19/4.

Os jurados do Prêmio Shell também contemplaram outras marcantes obras da última temporada carioca. Gustavo Gasparani, em cartaz em São Paulo com o espetáculo Édipo Rei, foi eleito melhor ator por sua interpretação em As Mimosas da Praça Tiradentes. Concorriam com ele Leonardo Medeiros, por O Livro de Itens do Paciente Estevão, Tonico Pereira, por A Volta ao Lar, e Bruce Gomlevsky, por Homem Travesseiro.

Maurício Arruda de Mendonça e Paulo de Moraes dividiram o prêmio de melhor autor, por A Marca da Água. Alexandre Elias foi premiado por melhor música, no espetáculo Gonzagão - A Lenda, e Teca Fichinski, por melhor figurino em Valsa nº 6. O grande homenageado desta edição foi o ator Walmor Chagas, que morreu em janeiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.