Dida Sampaio/ Estadão
Dida Sampaio/ Estadão

Renan Calheiros defende biografias não autorizadas

'Temos que cumprir esse papel no sentido da liberdade de expressão', disse o presidente do Senado

Débora Álvares/ BRASÍLIA, O Estado de S.Paulo

29 de outubro de 2013 | 12h52

A proposta que acaba com a necessidade de aprovação prévia para a publicação de biografias foi defendida há pouco pelo presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). "O papel do PMDB, presidindo ao mesmo tempo a Câmara e o Senado, é indiscutível. Temos que cumprir esse papel no sentido da liberdade de expressão. Sou contra qualquer censura em relação às biografias", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.