Relacionamento misterioso

A Lua míngua vazia em Peixes o dia inteiro

Quiroga, oscar.quiroga@estadao.com.br, O Estado de S.Paulo

28 Abril 2011 | 00h00

Hoje deveria ser declarado feriado universal para nossa humanidade praticar exercícios que a aproximem da dimensão sagrada da Vida, na qual todos comungamos. Outrora as religiões ofereciam meios eficientes para nossa humanidade se aproximar do divino, mas essas não evoluíram com a devida velocidade e por isso não atendem mais à demanda. O Altíssimo não faz mais sentido sendo buscado num reinado distante e separado de nossas existências, mas como a Vida mais íntima de nossas vidas, a glória de nossas almas da qual provêm ideias de eternidade, infinito e graça maravilhosa. A mais clara evidência do desmoronamento da civilização tem raízes no labirinto religioso e na justa necessidade de todos nos dedicarmos, em dias como hoje, a reinventar este misterioso, mas crucial relacionamento com o Altíssimo.

ÁRIES 21-3 a 20-4

Tome o que for do seu merecimento e administre a realidade conquistada da melhor forma possível e com sabedoria, ao longo de muitos anos pela frente. A conquista é iminente, o início de outro longo caminho também.

TOURO 21-4 a 20-5

O Universo é uma colossal brincadeira se processando através do infinito. Cada parte, seja galáxia, reino da natureza ou cada um de nós individualmente, entra no jogo criando suas possibilidades ou sendo recriados pelo jogo.

GÊMEOS 21-5 a 20-6

Os desejos de ninguém serão satisfeitos e, por isso mesmo, não haverá vitoriosos ou derrotados, todos terão de ceder e encontrar o campo unificado de ação, aquilo que até aqui foi teórico, pois ninguém conseguiu fazer.

CÂNCER 21-6 a 21-7

O medo de errar nunca deve paralisar a necessária ação. Sempre será melhor errar, mas agir, do que nunca fazer nada para melhorar a situação. Quando o desânimo bater, bata você mais forte nele para que se vá imediatamente.

LEÃO 22-7 a 22-8

Ou você faz acontecer ou a vida acontece assim mesmo, sem você nela. Contudo, não é possível estar presente em todos os lugares ao mesmo tempo, nem tampouco que em todos os lugares do mundo apreciem nossa presença.

VIRGEM 23-8 a 22-9

Já não se trata mais de ganhar ou perder, mas de quanto bem-estar você produza. Somente isso é vitória assegurada, o restante será satisfazer desejos e frustrar-se quando isso não acontecer, uma gangorra existencial.

LIBRA 23-9 a 22-10

É tanta gente para dividir o bolo que dá a impressão que pouco sobraria. E no entanto quanto mais se divide o bolo, mais bolo parece haver para ser dividido. Os milagres também acontecem, mas só quando a gente conta com eles.

ESCORPIÃO 23-10 a 21-11

Em apenas um átomo de nossas presenças há mais energia disponível do que poderíamos usar em toda uma existência. Porém, continuamos buscando a luz onde ela não se encontra e onde, pelo contrário, se perde também.

SAGITÁRIO 22-11 a 21-12

Apesar de todas as adversidades e dificuldades, o evento impossível acontece e reafirma o princípio da vida; criar, preservar e destruir universos e nós protagonizando, na medida do possível, nossas funções e papéis.

CAPRICÓRNIO 22-12 a 20-1

Você será quem deve ser na mesma medida em que lutar pelos princípios mais íntimos de seu coração. Somente isso garantirá leveza e alegria suficientes para dobrar as mais atemorizantes das circunstâncias.

AQUÁRIO 21-1 a 19-2

É de fundamental importância você não perder

o fio da meada. O sentido da vida é um mistério, mas todos reconhecemos que, mesmo sem explicá-lo, a experiência interior dispensa comentários em virtude da própria experiência.

PEIXES 20-2 a 20-3

Libertar-se das impossibilidades é um ato de vontade. Nós, humanos, quando fazemos uso da força de vontade, provocamos eventos teoricamente impossíveis, que no entanto acontecem, mas por obra da força de vontade.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.