Reino Unido recebe partituras de Mozart como pagamento

Uma das maiores coleções do mundo de partituras de Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791) foi entregue ao Estado britânico como pagamento do imposto sobre sucessões.O Conselho de Bibliotecas e Arquivos britânico aceitou a doação de importantes obras culturais a instituições públicas do Reino Unido para saldar a dívida, dentro de um programa estatal, informa hoje o jornal The Independent.A entrega de peças de Mozart coincide com os 250 anos do nascimento do compositor em Salzburgo, na Áustria.A coleção de partituras inclui raridades como uma peça completamente vocal de sua última ópera, A Flauta Mágica, depositada na famosa biblioteca Bodleian de Oxford.Além disso, foi entregue um quadro do pintor do século 18, Giovani Paolo Panini (1692-1765).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.